Sintufrj: luto e descaso

1 - O Sintufrj responsabiliza o governo golpista pela destruição de 200 anos de história reduzidos a cinzas no incêndio do Museu Nacional. O Sindicato se solidariza com todos os trabalhadores e estudantes e denuncia o desprezo das autoridades pela pesquisa, pela ciência e pela educação no Brasil.

 

2 - O Museu Nacional é uma das mais importantes instituições científicas da América Latina. O incêndio que consumiu seu acervo na noite de domingo impõe luto à história do conhecimento pela abrangência do seu acervo. O fato se constitui em expressão trágica da falta de recursos (para manutenção e preservação etc) que asfixia a universidade pública.

 

3 - Recentemente eventos no Centro de Ciências da Saúde (CCS) e na Coppe revelaram a gravidade da crise. Um sinal de alerta a indicar como a falta de verbas ameaça pessoas, a pesquisa e o patrimônio da universidade. A nefasta Emenda Constitucional 95, que congela gastos na saúde, na educação e na cultura aponta para um futuro sem horizontes.

 

4 - Mas esse incêndio não pode incinerar nossa esperança de construir um país que identifique na produção do saber um caminho para o desenvolvimento e para a justiça social. Esse é o desafio da comunidade científica, dos sindicatos e das forças envolvidas na luta por um Brasil mais justo.