Ator Sérgio Mamberti morre aos 82 anos em São Paulo

Compartilhar:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Ator estava internado com infecção nos pulmões e morreu em decorrência de falência múltipla de órgãos

Redação Rede Brasil Atual | 3 de Setembro de 2021

Sérgio Mamberti, ator e militante petista desde a fundação do partido, morreu nesta sexta (3) aos 82 anos – Elineudo Meira/PT

Morreu na madrugada de sexta-feira (3), em São Paulo, o ator Sérgio Mamberti, aos 82 anos. Ele estava internado em hospital da rede Prevent Senior com uma infecção nos pulmões e faleceu em decorrência de falência múltipla de órgãos. A informação foi confirmada ao portal G1 por um dos filhos do ator, Carlos Mamberti.

Em julho deste ano, Mamberti havia sido hospitalizado para tratar de uma pneumonia e chegou a passa por uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Após cerca de 15 dias, se recuperou e teve alta.

O ator colecionou inúmeros papéis de destaque. Foi nas séries que viveu seu personagem mais querido, o saudoso Dr. Victor do Castelo Rá-tim-bum.

Também participou de produções da TV Globo, como “A diarista” e “Os normais”. “Atualmente, esteve no elenco de “3%”, série brasileira produzida pela Netflix.

Mamberti dirigiu peças importantes no circuito paulista. Em 2019, estreou, ao lado de Rodrigo Lombardi, a premiada “Um panorama visto da ponte”.

Sérgio Mamberti classificava os ataques do governo Jair Bolsonaro à diversidade cultural não como retrocesso, mas como uma regressão / Casa da Cultura (PE)

Defesa da democracia

O ator, diretor e ex-presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte) era crítico do governo de Jair Bolsonaro. Em outubro de 2019, em entrevista à rádio Brasil Atual, ele classificou os ataques do governo Jair Bolsonaro à diversidade cultural não como retrocesso, mas como uma regressão.

Ele afirmou que os artistas, desde o impeachment de Dilma Rousseff, não enxergavam mais conquistas, mantendo-se apenas na resistência contra a censura e cortes de verbas.

 

 

COMENTÁRIOS