Fundação do Quilombo IFCS/UFRJ – Quinta, 18/11, 18h

Compartilhar:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

 

Link para live de lançamento: https://youtu.be/ECxTIwRcCnY

O coletivo Quilombo do IFCS, formado por corpos negros dos três segmentos: professores, técnicos-administrativos e discentes, com apoio de aliados antirracistas, vem por meio desta apresentar uma pauta de reivindicações à direção do IFCS.

O movimento nasce a partir de duas constatações: 1) em pesquisa empírica realizada no IFCS, os alunos indicaram que a discriminação racial constitui o principal problema do Instituto. 2) O coletivo se formou depois da exclusão do prof. Wallace de Moraes da participação de uma banca de concurso para provimento de vaga para prof. adjunto no Dpto. de Ciência Política, sendo uma das justificativas para tal veto proferida por um prof. na reunião do DCP de que “ele se vitimizava por questões raciais e que tudo para ele é racismo”.

Cabe ressaltar que o prof. Wallace é o único negro no DCP e dentre os 78 professores do IFCS apenas dois são negros. Dentre 60 técnicos administrativos, 10 são negros. Simultaneamente, a população brasileira é composta por 54,6% de negros. Os dados supracitados mostram que a existência do racismo no Brasil e as suas diferentes práticas ainda não estão evidentes para o corpo social do IFCS. Por conseguinte, discentes, técnicos-administrativos, professores, bem como trabalhadores terceirizados, continuam sendo alvos de ataques racistas na instituição. Percebemos, assim, que é mais do que necessária a implementação de políticas antirracistas e protetivas dos corpos negros/indígenas. Esse é o papel do nosso quilombo!

Nesta quinta teremos um evento de fundação do Quilombo do IFCS com as participação de vários coletivos antirracistas. PARTICIPE!

 

 

 

COMENTÁRIOS