Consuni desta quinta é suspenso e parentalidade e trabalho externo continuam na geladeira

Compartilhar:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Não haverá Conselho Universitário nesta quinta-feira, 28. Além de adiar pela segunda vez a realização da sessão do colegiado máximo da universidade (a do dia 19 de abril também foi suspensa), a Reitoria marcou uma sessão especial para 5 de maio, mas, não incluiu na pauta os dois assuntos do interesse da categoria, e também dos docentes: regularização do Trabalho Externo e resolução sobre a parentalidade.

A pauta da sessão especial é a seguinte: alteração do status da Editora UFRJ de Órgão Suplementar para Setor Interno do Fórum de Ciência e Cultura;alteração do Estatuto e Regimento Geral da UFRJ, na parte relativa ao FCC; criação da Superintendência Geral de Planejamento Institucional na PR3 e da Superintendência Geral de Comunicação Social na Estrutura Superior da UFRJ.

Do que se trata

O Grupo de Trabalho Parentalidade e Equidade de Gênero da UFRJ (GTPEG) já entregou, à Reitoria, a proposta de resolução alternativa à aprovada pelo Consuni em julho de 2021(Resolução 09/2021), que flexibilizou as atividades administrativas, de ensino e trabalho remoto emergencial, de forma temporária, para técnico-administrativos, alunos e professores no papel de cuidadores durante a pandemia. Agora a nova proposta também precisa passar pelo colegiado.

“Mas, enquanto não for aprovado o novo texto pelo Consuni, continua valendo para os três segmentos da comunidade universitária o que determina a Resolução 09/2021”, chamou a atenção a coordenadora do Sintufrj e representante da categoria no colegiado, Joana de Angelis.

Quanto ao Trabalho Externo, a proposta que busca regulamentar uma situação que diz respeito à organização do trabalho na universidade chegou à Reitoria em outubro 2021, mas ainda até hoje não foi encaminhada ao Consuni.

COMENTÁRIOS