Fundão: ônibus lotados e filas nos bandejões

Compartilhar:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Nesta primeira semana de retorno presencial na UFRJ, o dia a dia de servidores e estudantes teve problemas. Enormes filas se formaram nos restaurantes universitários e os ônibus internos circularam lotados. O Sintufrj recebeu reclamações da categoria. 

Nesta quarta-feira, 13, o prefeito da UFRJ, Marcos Maldonado, circulou pela Cidade Universitária para verificar os problemas. Apesar de as equipes da Prefeitura Universitária ter passado a limpo a infraestrutura dos campi, a segurança e o transporte, não foi possível evitar os transtornos.  

Explicações

De acordo com o prefeito, é natural que haja maior procura dos ônibus internos, principalmente nos horários de pico — pela manhã, na hora do almoço e no fim da tarde – com a universidade voltando ao seu ritmo normal, mesmo com a redução para oito minutos dos intervalos entre eles.    

Maldonado iniciou seu tour pelo campus às 14h e, por telefone e o whatsapp, conversou com a redação do Jornal do Sintufrj. “Esses dois (ônibus) internos [apontou para a foto] estão vazios. Mas é lógico que no horário de pico estará lotado”, previu. O prefeito também abordou um motorista da linha 485 — uma empresa de ônibus que atende a comunidade universitária e sempre foi muito criticada por atrasos e superlotação. “Estou com o rodoviário Dimitrius e ele confirmou que o 485 está circulando de 15 em 15 minutos e de 10 em 10 minutos na hora do rush”, disse.  

Segundo o prefeito, os profissionais da Prefeitura estão trabalhando para atender à comunidade universitária da melhor forma possível. “Estou aqui, na Faculdade de Letras, e o ônibus interno está vazio agora. Mas, pela manhã, teremos aquele horário de pico. Isso é o Rio de Janeiro. O mesmo acontece com os coletivos que param no BRT e os trem também. Nem se os intervalos entre os ônibus internos fossem de cinco minutos deixariam de circular lotados nas horas de maior demanda”, disse Maldonado. 

Sobre os ônibus intermunicipais, o prefeito informou que solicitou às Secretarias Municipal e Estadual de Transporte o aumento de oferta de ônibus de todas as linhas que circulam no  Fundão. Na quinta-feira, ele constatou que o Caxias Para ilustrar que as empresas estão atendendo as autoridades, ele o Caxias circulava com intervalos de 15 minutos. 

Bandejões lotados

Quanto às filas quilométricas nos bandejões de estudantes e servidores, a coordenadora-geral do Sistema Integrado de Alimentação da Superintendência Geral de Gestão, Renata Machado, não quis falar com o Jornal do Sintufrj. Ela in dicou que enviássemos um e-mail para a assessoria de comunicação da Reitoria. 

Na quinta-feira, na hora do almoço, a cena que se via pelos corredores do Centro de Ciências da Saúde (CCS) era de estudantes com marmitas sentados pelo chão.

 

 

COMENTÁRIOS