Manifestação conjunta da enfermagem tem apoio do Sintufrj

Compartilhar:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Nesta quarta-feira, 21, atos e mobilizações da enfermagem em defesa do piso nacional tomaram as ruas do país.No Rio, a categoria realizou manifestação em frente ao Hospital Badim, na Tijuca, e interrompeu o trânsito na Rua São Francisco Xavier, uma das mais movimentadas do bairro, em alguns momentos.

“A enfermagem é quem cuida do paciente 24 horas e tem que ser valorizada. Não queremos aplausos, queremos nosso piso”, reivindicou a presidente do Sindicato dos Auxiliares e Técnicos de Enfermagem do Município do Rio de Janeiro, Mirian Lopes.

“O STF suspendeu a implantação do nosso piso, nós, trabalhadores que na pandemia salvamos muitas vidas. Nossa mobilização agora é diária”, prometeu Marco Schiavo, presidente do Sindicato dos Enfermeiros do Rio.

“Na nossa base temos três mil trabalhadores da enfermagem reunidos no Complexo Hospitalar da UFRJ e eles são obrigados a trabalhar em outrasredes públicas e privada para complementar o salário. O Sintufrj está aqui hoje como esteve no ato anterior. A mobilização da enfermagem conseguiu aprovar o piso nacional no Congresso, mostrou que é possível arrancar vitórias, mas os ministros do Supremo Tribunal Federal foram mais solícitos com os empresários do que com os trabalhadores que salvaram vidas na pandemia. Porém, estaremos juntos construindo a vitóriafinal”, afirmou o coordenador-geral do SintufrjEsteban Crescente.

COMENTÁRIOS