Lockdown é necessário, diz professor

Compartilhar:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

 

O professor da Coppe/UFRJ, Guilherme Travassos, disse na live Linha Direta do Sintufrj que o lockdown – bloqueio e ou interrupção da movimentação e dos deslocamentos na cidade aliado a proibição de aglomerações – é uma das poucas ações de combate ao coronavírus consideradas eficientes para atrasar a velocidade de propagação da doença.

Travassos é um dos coordenadores da pesquisa desenvolvida na Coppe que recomendou o lockdown no Estado do Rio de Janeiro. O estudo faz parte das pesquisas que vem sendo desenvolvidas pelo Grupo de Trabalho (GT) da Covid-19 da UFRJ.

“O nosso estudo vem reforçar então o posicionamento que foi estabelecido e divulgado pelo próprio GT, e reforçado também por diversos comitês científicos e entidades, sobre a necessidade de termos uma intensidade maior na questão da redução da mobilidade urbana na cidade e no estado do Rio como um todo”, destacou Travassos.

Covidímetro
O estudo desenvolveu um modelo que facilita a leitura dos dados e sua interpretação pelas pessoas. “Nós buscamos oferecer o resultado destes cálculos e desses modelos através de uma representação lúdica via um marcador de velocidade que nós carinhosamente chamamos de covidímetro”, diz Travassos. “O que é uma grande vantagem desse nosso modelo, pois ele é aplicado para se fazer a estimativa do futuro”, observa o professor.

Estudo
O modelo do estudo desenvolvido pelo GT da UFRJ está no ar e pode ser acessado através do portal https://dadoscovid19.cos.ufrj.br na página www.coronavirus.ufrj.br .

Confira o programa Linha Direta do Sintufrj “Covid-19 – UFRJ recomenda bloqueio total”:

 

COMENTÁRIOS
error: Content is protected !!