Nota do Sintufrj sobre Insalubridade

Compartilhar:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

 

Recentemente, o STF considerou a contaminação por covid-19 doença ocupacional. Esta interpretação, aliada à jurisprudência aberta pela vitória do Sintufrj em alguns processos individuais, embasa a nossa decisão de solicitar, via requerimento administrativo, a extensão do grau máximo de insalubridade para todos os servidores da UFRJ que estão realizando trabalho presencial.

Além disso, frente a decisão do STF, o Sintufrj emitiu hoje um requerimento para a Reitoria e todas as unidades da UFRJ cobrando um procedimento padronizado para a comunicação de acidente de trabalho, fornecendo respaldo jurídico para todos os servidores que, por ventura, foram contaminados ou possam vir a ser, acessem benefícios.

Com estas iniciativas, pretendemos aumentar a proteção dos trabalhadores, garantindo adicionais e benefícios para todos os servidores que estão mais expostos ao covid-19 justamente por desempenharem serviços essenciais ao combate à pandemia e ao funcionamento da universidade.

Direção do Sintufrj
Gestão Ressignificar

 

Foto: Raphael Pizzino – Coordcom/UFRJ

COMENTÁRIOS