SAIBA COMO PARTICIPAR DA LIVE ARTE DE FICAR EM CASA.

Este recado é pra você técnico-administrativo, docente, estudante, extraquadro e terceirizado da UFRJ que quer e precisa mostrar o seu talento artístico nesses dias de confinamento.

A live Arte de Ficar em Casa é uma iniciativa do Sintufrj e Adufrj. O evento foi criado como ação de solidariedade a artistas que perderam sua renda por causa do isolamento social, necessário para conter a propagação do coronavírus.

Diante do quadro da Pandemia do COVID-19 e a necessidade de viver em isolamento que a sociedade atual fora submetida, os artistas perderam parte ou totalmente suas fontes de renda. O auxílio emergencial não chegou para todos. Os que viviam dos numerários de sua arte até o momento se encontram de fora da proteção do estado. Por exemplo o caso dos músicos independentes, que geralmente tocavam em bares e restaurantes, em troca de um couvert artístico ou um cachê que o dono do estabelecimento oferecia.

Dentro da comunidade da Universidade Federal do Rio Janeiro existem muitos desses profissionais que, hoje, estão impossibilitados de ter acesso a essa renda, devido ao isolamento social imposto pela pandemia do Covid-19. A partir dessa realidade, SINTUFRJ e ADUFRJ criaram o projeto “Arte de Ficar em Casa”, que consiste em abrir um espaço virtual e viabilizar tecnicamente que esses artistas possam expressar sua arte através de lives, nas redes sociais do sindicato.

Entendemos que as lives passaram a ser, atualmente, o melhor caminho para que os artistas possam chegar perto do seu público, então o sindicato decidiu abrir um espaço em suas redes, para que os artistas da comunidade universitária como um todo possam se apresentar. Com a finalidade de ajudar financeiramente os artistas que foram os primeiros a terem suas atividades interrompidas e com certeza serão os últimos a retomar suas atividades, será disponibilizado na tela um QR Code onde os espectadores poderão realizar doações que irão direto para a conta do artista.

ESSE PROJETO FAZ PARTE DE UM CICLO DE SOLIDARIEDADE COM O APOIO DO FORMAS
(Fórum de Mobilização e Ação Solidária.)

O IMPULSIONAMENTO CULTURAL é um dos seus objetivos, pois entende que as atividades culturais precisam ser constantemente valorizadas, porque a arte traz leveza nos momentos difíceis, além de representar a diversidade cultural que existe em nossa sociedade.

Através desse projeto as entidades tem como objetivo a SOLIDARIEDADE. A ajuda aos artistas da comunidade universitária, que perderam seus espaços de trabalho por motivo do isolamento social, e tem a convicção de que tem que passar por esse momento com muita parceria com quem está economicamente vulnerável.

A comunicação do projeto terá duas frentes, e acontecerão quase que simultaneamente. A primeira será no sentido de convocar os artistas a participarem do projeto e realizarem sua inscrição, já a segunda irá tratar mais da divulgação direta do projeto. Ambas serão majoritariamente realizadas pelo site e redes sociais das entidades.

As entidades iram buscar parcerias com empresas que fornecem materiais ou prestam serviço para o sindicato, para que realizem doações voluntarias ao projeto. Não excluindo toda e qualquer pessoa física que queira doar.

Essas doações serão destinadas para o Programa de Testagem de Covid19 do Bloco N, para alunos alojados em situação de vulnerabilidade e para funcionários das firmas terceirizadas que se encontrar em dificuldade.

Com a abertura de uma conta corrente para um fundo permanente de solidariedade.

• As entidades disponibilizarão “palco virtual” para que esses artistas compartilhem sua arte com o público de forma segura e também solidária.

• As entidades fornecerão a estrutura técnica para Live do artista – Kit que compõe 1 câmera, captação de áudio básica, tecnologia para sincronização áudio/vídeo, transmissão e link de internet dedicada compatível;

• As entidades farão uma doação mínima a cada artista (valor sugerido R$200,00);

• O público fará doações voluntárias através do QR Code;

• O FORMAS realizará divulgação em todos os seus canais de comunicação como: jornal, site, lista de transmissão no whatsapp, facebook e outros.

Prestadores de serviços terceirizados, sofrem toda sorte de mazelas que o mercado de trabalho os
impõe, e nesse momento em que as pequena empresas sem suporte financeiro de reserva isso só
piora. Salários em atraso e corte de benefícios e quase uma constante. Sabemos que a instituição tem
que fazer seu papel. Mas a ordem do dia é não deixar ninguém pra trás.

Os alunos alojados ou moradores da Vila Residencial também estão em situação de
vulnerabilidade. Muitos tem suas residências originais em outro estado e até em outros países. Com
corte de bolsas pelo Governo Federal, muito viviam de venda de doces no Campus ou trabalhava nos
comércios locais. Com o isolamento estão muito mais vulneráveis que antes.

O Programa de Testagem de Covid19 do Bloco N, vem dando exemplo de solidariedade na UFRJ.
Com mais de 60 voluntários, a maiorias estudantes, vem dedicando parte do seu tempo no combate a
pandemia. Trabalhando juntamente com cientistas e pesquisadores da UFRJ, testam em média 600
pessoas por dia. Estão se colocando na linha de frente para salvar vidas. Olhando para esse exemplo
de solidariedade, vemos que esses voluntários necessitam de toda a ajudas que possamos dar para o
trabalho não parar.

VAMOS PRECISAR DE TODO MUNDO.

Assista a apresentação do dia 24 de julho de 2020 – Darlene Duarte.

Veja os outros vídeos

Apoio:

Logomarca FORMAS

Realização:

unnamed

Realização

Logomarca SINTUFRJ