Sintufrj inicia mais um semestre de cursos de capacitação e qualificação para a categoria

Compartilhar:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Entidade é referência na luta por formação do servidor

Depoimentos de ex-alunos e de ex-dirigentes do Sintufrj emocionaram os presentes na aula inaugural do segundo semestre do projeto do Sintufrj Universidade para os Trabalhadores, realizada nesta quarta-feira, 28, no salão nobre da decania do Centro de Tecnologia (CT), na Cidade Universitária, que teve como tema o “O servidor e a construção do conhecimento”.  A superintendente da Pró-reitora de Pessoal, Rita Anjos, estava presente.

A coordenadora de Educação, Cultura e Formação Sindical do Sintufrj,  Joana de Angelis, destacou que este projeto do Sindicato, que capacita os técnico-administrativos da UFRJ a atuar de forma cada vez mais qualificada, é ainda mais importante neste momento de ataques aos servidores públicos. “A nossa categoria precisa estar preparada para  resistir e continuar na luta por uma universidade pública de qualidade e para todos”, disse.

O projeto universidade para os trabalhadores oferece cursos de capacitação e de preparação para acesso aos cursos de pós-graduação, como metodologia de pesquisa e línguas estrangeiras: inglês instrumental e espanhol, com turmas no Fundão, IFCS (no Centro) e na Praia Vermelha.

Palestrantes

A avaliação de que os servidores devem ser estimulados a se capacitar e buscar cada vez mais educação formal para aumentar a sua qualificação e, em consequência, a capacidade da universidade de resistir aos ataques que vem sofrendo permeou as falas dos palestrantes que elogiaram a iniciativa do Sintufrj.

Os palestrantes convidados foram: Marisa Chaves, coordenadora do Centro de Referência da Mulher Suely Souza de Almeida; Henrique de Oliveira Santos, assistente em administração da Faculdade de Medicina e mestrando do Núcleo Interdisciplinar para o Desenvolvimento Social (Nides/UFRJ); e da produtora cultural Marisa Mello, pós-doutora na área de Cultura e Territorialidades pela UFF. A chefe da Seção de Integração e Aperfeiçoamento da Decania do CT, Rejane Magalhães, prestigiou o evento.

VEJA MATÉRIA COMPLETA NA PRÓXIMA EDIÇÃO DO JORNAL DO SINTUFRJ

Debate enriquecedor sobre os caminhos da educação e o papel da Universidade dos Trabalhadores ampliou o conteúdo da aula inaugural
Paulo Menezes, do Centro de Tecnologia, discursa na sessão que marcou a abertura dos cursos do Sintufrj
COMENTÁRIOS