Testes aprovam ventilador pulmonar desenvolvido na UFRJ

Compartilhar:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Equipamento criado por pesquisadores no Laboratório de Engenharia Pulmonar e Cardiovascular tem valor mais de dez vezes menos do que o ventilador convencional

Foram concluídos com êxito os testes com o ventilador pulmonar desenvolvido por pesquisadores do Programa de Engenharia Biomédica (PEB) da Coppe/UFRJ. O equipamento foi testado em pacientes de covid-19 internados no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF) vítimas de crise respiratória aguda.

Em relação ao valor, o ventilador criado no Laboratório de Engenharia Pulmonar e Cardiovascular da universidade é infinitamente mais em conta. Calcula-se que Ventilador de Exceção para a Covid-19 (VInCo) – (como é chamado o equipamento da UFRJ) – custa R$ 8,5 mil, enquanto o mercado cobra cerca de R$ 100 mil para o ventilador convencional.

Os pesquisadores desenharam unidades para produção em massa, simples e rápida. A meta é produzir mil aparelhos em um mês.

Antes da testagem em pacientes, foram realizados testes in vitro e os resultados submetidos à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para obtenção do parecer da Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) – que também exigiu testes prévios em animais.

Financiamento

Para que a produção em massa se inicie, são necessários recursos para que as peças sejam compradas. A Fundação Coppetec lançou a campanha receber doações através de depósito bancário, pelo Banco do Brasil – Agência: 2234-9, conta: 55.622-X. CNPJ: 72.060.999/0001-75.

Além disso, a Assembleia Legislativa (Alerj) aprovou, no dia 30 de abril, projeto de lei que permite a destinação de R$ 5 milhões para a produção do VexCo, mas os recursos ainda não chegaram. Este era o valor previsto em contrato para a produção de mil aparelhos para instituições públicas do Estado do Rio, mas, com o passar do tempo, o custo aumentou, está em torno de R$ 7 mil. Portanto, captar recursos é fundamental.

NO PROGRAMA de Engenharia Biomédica (PEB) da Coppe/UFRJ, ventilador pulmonar mais barato e para a produção em massa foi desenvolvido por pesquisadores

 

COMENTÁRIOS