NOTA SOBRE A QUEDA DAS AÇÕES JUDICIAIS

Compartilhar:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

 

Fomos surpreendidos com mais um ataque à renda dos trabalhadores. Dessa vez, sob o argumento da troca de sistema de gestão por parte do governo federal, a interrupção do pagamento de mais de 50 ações judiciais nos afetou de forma muito dura. Alguns de nós descobrimos, subitamente, o “sumiço” de metade do valor do contracheque.

O motivo do bloqueio é o desligamento do SICAJ, antigo sistema de gerenciamento, e a exigência de documentos comprobatórios que precisam ser inseridos no novo sistema adotado.

Mais uma vez, a burocracia é utilizada de forma fria e desumana pelo governo Bolsonaro. No entanto, não conseguimos entender o motivo dos servidores que constam na relação divulgada pela PR-4 não serem convocados com antecedência para o diálogo, possibilitando que os documentos processuais e pareceres de força executória necessários para desbloquear o pagamento fossem providenciados, impedindo os cortes.

Nosso departamento jurídico está debruçado sobre este caso para buscar alternativas no âmbito judicial que garantam os nossos direitos. Informaremos em breve as ações que adotaremos.

 

Direção do Sintufrj – Gestão Ressignifcar

COMENTÁRIOS