Fasubra trata da pauta de reivindicações com governo

 

Extinção de cargos que atinge a educação federal também será tema de discussão. Leia +

Matagal altera paisagem na UFRJ

26% continuam na folha de pagamento

Vida no Campus

Corte de verbas para manutenção impõe restrições nos

serviços de poda e corte na Praia Vermelha e no Fundão. Leia +

Cerca de 5 mil funcionários da UFRJ estão sendo notificados do corte do adicional de insalubridade. Quase três mil são funcionários do HUCFF. Já este mês, 15 trabalhadores ficarão sem o adicional.

O Sintufrj entrou com mandado de segurança para garantir a todos os notificados o direito de recorrer do corte. O Sindicato contratará um médico do trabalho e/ou engenheiro de segurança do trabalho para garantir apoio técnico que permita às centenas de técnicos atingidos apresentar um contralaudo.

Essa história começou em 2008, quando o Tribunal de Contas da União (TCU) publicou um acórdão modificando normas anteriores e criando novas normativas para enquadrar o trabalho em condições insalubres.

Em 2015, o TCU voltou à carga. Até que em março de 2017 o tribunal determinou que a UFRJ mandasse fazer perícias, o que está resultando nessas notificações. Ou seja, desde março foi criada uma situação adversa para milhares de trabalhadores sem que a Reitoria, que nunca contesta atos federais, e a antiga direção do Sintufrj tomassem qualquer tipo de providência para proteger funcionários de danos a que estão expostos. Lamentável.

Milhares notificados do corte da insalubridade

Se votar,

não volta!

 

Confirme  os parlamentares da bancada do Rio que ameaçam votar a favor da reforma da Previdência na Câmara em fevereiro. No site do Sindicato, uma ferramenta digital permite a você enviar mensagem aos parlamentares. Página 8/Jornal do Sintufrj

 

HUCFF. Comissão que avalia programas de residência médica no Hospital Universitário visitou a unidade. Páginas 4 e 5/Jornal do Sintufrj

Faculdade de Medicina repudia ameaça à residência do HU. Leia+

Julgamento de Lula: o capital na ofensiva

DEBATE

Impedir o ex-presidente de disputar a eleição faz parte do golpe que tirou

Dilma da presidência e abriu portas para a retirada de direitos dos trabalhadores. Leia +

Jurídico ganha nova dinâmica.

Página 3/Jornal do Sintufrj

Extraquadro: garantias de regularização

de salários. Página 6/Jornal do Sintufrj

SEDE - ILHA DO FUNDÃO - Funcionamento: das 8 às 16h - Praça Jorge Machado Moreira, s/n Cidade Universitária, 21941-592, RJ - Tels: 21 3194-7100 - 3194-7101

SUBSEDE - PRAIA VERMELHA - Funcionamento: das 8 às 16h - Av. Pasteur, 250 fundos

22290-140 - Urca - Tel: 21 2542-9143