Campanha salarial: Assembleia-ato dia 28 de abril

Compartilhar:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

A assembleia do Sintufrj para discutir os rumos da Campanha Salarial, nesta quarta-feira, 13, reafirmou o estado de greve da categoria pela recomposição salarial de 19,99% e aprovou:

  • Adesão ao calendário de Jornada de Lutas proposto pela Fasubra;
  • Encaminhar orientação à Fasubra para que esta convoque, o mais rápido possível, uma plenária nacional para discutir sobre uma data para deflagração de greve; e
  • Realização de uma assembleia-ato do Sintufrj no dia 28 de abril, data apontada pela Federação para realização de paralisação (onde for possível), em defesa da recomposição salarial de 19,99%. Nesta assembleia a categoria construirá a pauta de reivindicações interna para levar à Reitoria.

Calendário da Fasubra para o mês de abril:

De 18 a 22 – Realização de ações de mobilização nos locais de trabalho.

De 25 a 29 – Vigília de terça a quinta-feira, das 11h às 13h, em Brasília, e mais ampliada na semana de 25 a 29 de abril.

De 25 a 29 – Jornada de Lutas nos estados e reforço da vigília em Brasília.

Dia 28 – Dia Nacional de Paralisação em defesa da   recomposição salarial (onde for possível).

A indignação só cresce entre os trabalhadores técnico-administrativos pela postura do presidente Jair Bolsonaro em se negar a negociar com as entidades representativas dos servidores públicos federais, a pauta emergencial, cujo principal item é a reposição da inflação acumulada nestes três anos de governo Bolsonarista. Há cinco anos as categorias do funcionalismo federal que participam da campanha salarial unificada estão com os salários congelados.

13 DE ABRIL. Assembleia decide caminhos do movimento nas escadarias do CT
COMENTÁRIOS