Inauguração no LabOceano

Compartilhar:

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

LabOceano inaugura novo sistema de correnteza

O Laboratório de Tecnologia oceânica (LabOceano) da Coppe inaugurou, dia 19 de dezembro, no Parque Tecnológico, o novo Sistema de Correnteza. Esse sistema amplia a capacidade para reproduzir, com alta precisão, a diversidade das correntes marinhas em função da profundidade do mar. O simulador custou R$ 22 milhões, financiado pela Petrobras (18,8 milhões) e Finep (3,2 milhões).

Esse novo sistema contribuirá para os estudos necessários à exploração de petróleo em águas profundas e ultra-profundas, como as dos pré-sal. Outra aplicação é simular as operações de instalação de equipamentos no leito marinho e também permitir a simulação das correntes nas plataformas em si, que junto com os ventos e as ondas podem fazer com que elas se desloquem mais ou menos.

O simulador foi instalado em prédio anexo ao LabOceano, que possui o tanque mais profundo das Américas (15m), e o segundo do mundo. Com o simulador, o laboratório se mantém entre os quatro mais capacitados no mundo para simular as condições dos oceanos, em regiões costeiras e águas profundas.

COMENTÁRIOS
error: Content is protected !!